Doramas Entretenimento K-Drama
/

Sketch – K-Drama

Depois de tantos dramas policiais no ano passado eu não pensei que tão cedo voltaria a dizer: “aaah, que saudade eu estava de um drama policial”, e foi isso que eu pensei enquanto assistia Sketch. Mas em minha defesa, o drama é um baita dramão, então policial E bom desse jeito… não tem como resistir, né?
Sketch tem um enredo intrigante e personagens profundos abordados em uma visão humanizada sobre nossas escolhas. A trama de ação e suspense fica ainda mais emocionante por ter uma pitada de poderes paranormais e atuações excelentes.

SketchSketch
스케치
Episódios: 16 | Emissora: JTBC | Ano: 2018

Sinopse: Drama que mostra o destino e o amor de pessoas que lutam para mudar um futuro já determinado. A noiva do detetive Kang Dong Soo foi assassinada misteriosamente. Ele trabalha com a detetive Yoo Shi Hyun que pode ver três dias do futuro. Ela desenha o que vê e eles tentam capturar o assassino. Kim Do Jin é um ex-membro das forças especiais. Sua esposa grávida foi morta e ele planeja se vingar.

Sketch não me conquistou de primeira não. Foi uma luta terminar o primeiro episódio e eu sequer imaginava que a história tomaria o rumo que tomou, logo de cara assim parece um drama policial comum que vai abordar os detetives indo atrás de casos diferentes todo episódio, o que muitas vezes se torna monótono. Mas Sketch tem uma excelente construção de roteiro e personagens, o que nos faz querer continuar assistindo ao drama porque o rumo é muito incerto. Eu pelo menos, não fazia ideia de como tudo ia terminar.

A premissa é muito interessante pois além de ser um drama policial tem uma pitada de “poderes paranormais” se é que podemos chamar assim. A protagonista é capaz de saber do futuro de um jeito inusitado. Ela entra num tipo de transe e começa a desenhar cenas que geralmente envolvem pistas de crimes que SEMPRE ocorrem dentro de alguns dias e até mesmo horas depois do desenho. A busca por essas pistas e os criminosos que ainda nem existem é o ponto alto do drama, já que o suspense se torna muito mais intenso pelo desejo dos detetives de salvar as vidas desenhadas nos esboços, e muitas vezes esse desejo vem acompanhado de frustração, já que os desenhos da protagonista, sempre se tornam realidade.
A trama é bem intrigante e além de ser inteligente com muita ação e suspense, também tem seus momentos emocionantes principalmente porque a história tem personagens profundos numa visão humanizada, onde podemos acompanhar sua construção e seus motivos para se tornarem quem são, inclusive alguns vilões, que não são simplesmente maus porque eles “nasceram assim”.

Kang Dong Soo (Rain) é um investigador que não precisava de muito na sua vida desde que pudesse viver feliz ao lado de sua noiva e promotora Ji Soo (You Da In), mas infelizmente o destino a tirou dele. E agora num misto de sentimentos que envolvem vingança e arrependimento, Kang Dong Soo passa a ajudar uma equipe de investigação especial que tenta evitar crimes que acontecerão no futuro através de esboços.
Rain nunca me fez elogiar um personagem seu, não que eu duvidasse do talento dele, mas geralmente seus personagens eram muito chatos e o na maioria das vezes a culpa era do drama mesmo, exceto por Come Back Mister que é ele está hilário demais naquele drama. Bom, se você nunca viu nada com ele recomendo que comece por Sketch. Ele como Dong Soo estava muito bem. As cenas de ação e tensão em que ele gritava, se alterava, lutava, corria ou apenas segurando uma arma com aquela expressão sofrida mas cheia de raiva… aaah, aquele olhar me consumiu. É por personagens emocionantes assim que eu torço sempre.

Os esboços são desenhados pela Yoo Shi Hyun (Lee Sun Bin), que tem esse “dom” desde pequena mas ainda se abala muito por conta dele. Afinal, ela pode prever a morte das pessoas e que podem até ser próximas a ela. Shi Hyun tenta usar o dom para combater o criminoso antes do crime acontecer de fato, mas a chance de sucesso não é garantida.
Faz muito tempo que desejo que a Lee Sun Bin seja protagonista e estou tão grata por esse drama ser com ela no papel principal que não sei me conter. A carreira dela já envolveu personagens em histórias de crime e ação, que na minha opinião, combinam demais com ela. Além de ser extremamente linda até no figurino “largado” de Sketch, a atriz também foi tão bem expressando os sentimentos confusos e dolorosos de alguém que pode ver a morte das pessoas ao seu redor.

Moon Jae Hyun (Kang Shin Il) e Oh Young Sim (Lim Hwa Young) fazem parte da equipe de investigação da Shi Hyun. Jae Hyun é chefe e Young Sim é uma investigadora que manda muito bem na computação, ou seja, uma hacker de primeira! Eles são praticamente uma família e muita coisa envolvida na história deles, e além de ter muito em comum, eles também têm o mesmo desejo e paixão pelo trabalho de fazer tudo que podem para salvar as vidas dos esboços. O Moon Jae Hyun é um personagem muito simpático, adorava o tanto que ele era pacífico e ajudava a sua equipe a se acalmar mesmo nas situações mais caóticas, enquanto Young Sim era um pouco mais desesperada mas parte essencial da equipe. Ah, e não posso esquecer de mencionar Yoo Shi Joon (Lee Seung Joo), um promotor e irmão da Shi Hyun que vez ou outra os ajudam nos casos.
Contudo, apesar de todos os esforços da equipe para pegar os criminosos, parecia que a situação só ia complicando cada vez mais, principalmente quando uma outra equipe misteriosa e secreta surge, mas esta, acreditando estar fazendo o certo, na verdade tinha uma visão deturpada do caminho a seguir.

Kim Do Jin (Lee Dong Gun) teve uma história semelhante a de Kang Dong Soo, sua esposa foi assassinada e tudo no caso foi relacionado ao caso dele, não vou mencionar aqui porque é muito melhor assistindo. Mas mesmo sendo muito parecidos com seus sentimentos de raiva e vingança, Kim Do Jin se deixou influenciar por Jang Tae Joon (Jung Jin Young), que o persuade a fim de que ele passe a trabalhar assassinando pessoas “para que outras não morram”. Lee Dong Gun que ator excelente! Apenas sem palavras para ele nesse drama, estava incrível demais com aqueles olhares cheios de ódio e emoções que nem ele mesmo sabia o que era.
Não sei se consegui descrever a profundidade dos personagens, mas de fato o roteiro os envolveu tão bem que a história só pôde ser esse sucesso todo por ter personagens tão marcantes assim. E é fácil ser capturado pelas teorias geradas do “mas que raios tá acontecendo e o que uma coisa tem a ver com a outra?”. Acontece que tá tudo ligado sim e quanto mais os episódios passam, mais tenso e destruidor de corações fica.

Esse drama tem zero romance mas quem disse que eu não tem ship? Yoo Shi Hyun e Kang Dong Soo eram tão fofinhos juntos! 💘 Meu coração de dorameira não para de shippar casais por aí. Então torci muito pelos dois juntos, mas chegando ao fim do drama, torci mesmo pra que eles fossem felizes porque olha, sinceramente, a vida deles não é fácil não.
Enfim, dramas interessantes combinados com uma pitada de emoção me fazem apaixonar ainda mais. Por isso gostei tanto de Sketch, além do ótimo elenco, roteiro e produção, o drama deixa mensagens importantes sobre termos sempre que nos responsabilizar por nossos atos, nem sempre estamos 100% certos e infelizmente a luta incansável e desesperada por justiça pode corromper as pessoas no meio do caminho. Recomendo com toda certeza esse dramaão que é Sketch!

“Tudo no mundo está conectado e influencia todo o resto. Não há nada que seja trivial ou sem sentido. A Lei de Causa e Efeito não é sobre ensinar o certo ou o errado. E sim se você pode ou não aceitar totalmente a vida. Você deve aceitar a responsabilidade que vem de suas escolhas. Porque, no final do dia, o resultado de nossas escolhas não é baseado em qualquer esboço, mas em nossas próprias escolhas”. – Yoo Shi Hyun

Onde assistir?

Tem legendado no Kingdom Fansub e Dramafever.
Beijos, Mari!
Até logo!

1 comentário em “Sketch – K-Drama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *