featured
Doramas, Entretenimento, K-Drama

Cheese In The Trap – K-Drama

Não acredito que Cheese In The Trap chegou ao fim. 🙁 Parece que foi ontem que eu assisti o primeiro episódio. Eu gostei tanto do drama, que passou voando!

Cheese in The Trap é o dorama que já entrou na minha lista de favoritos de 2016, porque tudo é lindo nesse dorama: a temática, o elenco, a OST, a fotografia… Eu fiquei apaixonada por cada detalhezinho da história.

O episódio final foi ao ar ontem e muitos dorameiros foram à loucura falando sobre o quão ruim foi o final, porém na minha opinião foi um final bom e além disso, é muito injusto considerar um drama inteiro como ruim por causa disso e vou explicar tudo ao longo do post.  (Só tem spoilers no final do post – mas tem um aviso antes)

cheese-in-the-trap-posterCheese in The Trap | 치즈 트랩
Episódios: 16 | Emissora: tvN | Ano: 2016

Sinopse: O drama conta a história de uma estudante universitária Hong Seol que trabalha duro para manter seus estudos e vê sua vida virar de cabeça para baixo quando se envolve com Yoo Jung, um estudante conhecido por ser “perfeito em tudo”, porém para ela, Yoo Jung é na verdade misterioso e cheio de segredos.

Já havia comentado sobre Cheese In The Trap por aqui antes, o drama é baseado no webtoon (história em quadrinhos) do mesmo nome, escrito por Soon Ki.

1

TEMÁTICA E CLIMA DA HISTÓRIA

Cheese in The Trap é um dos poucos doramas em que os personagens estão na faculdade e eu adoro muito esse tema, principalmente quando é feito da forma que foi, Cheese é real sabe? Não tem aquelas situações felizes de estudantes que só vão pra balada, namoram e são ricos.. pura ilusão!

cheese3

O dorama apresenta histórias reais, de jovens que trabalham muito pra manter seus estudos, que dormem pouco, precisam colar dos coleguinhas, se viram pra entregar os trabalhos a tempo, tem vários problemas sim e em geral não são nada felizes sendo estudantes.

PERSONAGENS CATIVANTES E ELENCO DIGNO

Primeiro destaque ao elenco incrível que fez esses personagens tomarem vida de um jeito tão cativante. Não poderiam ter escolhido atores melhores para interpretar os personagens, que já são adoráveis o suficiente no webtoon e no drama não deixaram a desejar.

seolKim Go Eun como Hong Seol é maravilhosa, não conhecia a atriz mas ela é muito boa mesmo, em cenas que nem foram tão fortes assim quase me fez soltar lágrimas. Seu jeito, sua expressão era tão natural da personagem.  Adorei tudo nela! Virei fã e quero assistir todos os outros trabalhos da atriz.

A Seol é uma protagonista um tanto complexa, que vive situações difíceis num mundo cercado de pessoas tão complexas quanto ela. Apesar de querer uma vida tranquila com seus amigos, ela se envolve numa trama frustrante onde as pessoas não são o que realmente dizem e vivem fazendo joguinhos uns com os outros a fim de garantirem seus interesses.

tumblr_o36u9zfSfL1r5iugro2_400tumblr_o32k6hvqeG1r5iugro5_400

jungPark Hae Jin como Yoo Jung, é mais um ator excelente. Seu personagem tem uma personalidade forte, mas sempre tem um sorriso no rosto e é querido por todos, até porque, tudo que ele faz parece ser perfeito (menos para a Seol).

É o personagem que me deixava com raiva, mas ao mesmo tempo com muita simpatia, pelo fato dele ter essa personalidade obscura, eu adoro! Quando ele tinha seus momentos fofos, também adorava mais ainda, confesso.

tumblr_o0uuebEvdc1v3cg1po2_400tumblr_o0mt3ig53H1tmjt2ko2_400

inhoSeo Kang Joon como Baek In Ho: não poderiam ter escolhido ator melhor! Kang Joon fez uma ótima atuação, representou tão bem o personagem do webtoon, fiquei encantada! (Sou #TeamInHo assumida e falarei disso ali embaixo)

In Ho é um personagem tão complexo quanto os outros, apesar de ser muito legal com a Seol, ele é rude com a maioria das pessoas e não leva desaforo pra casa. Ele é muito, muito nervosinho, o que apenas dificulta sua vida complicada.

tumblr_o1lkfgltSA1t0oi7qo3_500tumblr_o1s8hhhHys1to20fio1_250

inhaBaek In Ha é a irmã ~bem louca~ do In Ho e aparece na trama pra deixar confusão na vida de todos! Apesar de ela ter essa personalidade insuportável, eu adoro a atriz (Lee Sung Kyung) por isso não consegui odiá-la tanto como a maioria das pessoas.

Eu sei que já falei muito, mas ainda preciso mencionar o quanto amei demais a Bo Ra (Park Min Ji) e o Eun Taek (Nam Joo Hyuk). Dois personagens maravilhosos, fofos, lindos e que se pudesse veria um drama inteiro só com eles!

CHEESE8

Antes de continuar, quero deixar alguns comentários sobre os personagens. A Hong, o Jung, o In Ho, a In Ha… todos eles são personagens complexos, personagens profundos que não merecem ser rotulados puramente por suas personalidades singulares. Tudo que eles são atualmente, é fruto de muito do que eles passaram.

Em Cheese In The Trap, fica evidente como uma pessoa é muito mais do aquilo que os outros veem e que jamais podemos julgar ninguém pelas aparências.

O drama passa uma certa lição que não fica tão evidente, mas é só meditar um pouco nas ações dos personagens que podemos enxergar a complexidade e a beleza de Cheese in The Trap.

PRODUÇÃO

Vale destacar a fotografia, os cenários e o figurino que também são lindos e combinam demais com o “clima” da história. As cores do dorama seguem as mesmas cores do webtoon, dá um clima tão gostoso e “aconchegante”.  Os sentimentos são muitos, tem comédia, romance, drama, suspense… tudo sem perder o ritmo em nenhum momento.

tumblr_o1w3vmRjJL1u131pwo1_500

ROMANCE E GUERRA DOS SHIPPS

O romance é muito fofo, não só do casal principal, como dos outros que se formam ao longo da história.

tumblr_o3du5vpQ691r5c02zo1_400tumblr_o194hyZHBP1tgxj1bo2_500 (1)

Apesar de eu ser #TeamInHo fervorosa, ainda adorei as cenas fofas de Seol e Jung. Muito mesmo!

Sobre a guerra dos ships, foi mais uma das várias confusões que esse drama teve ao longo das gravações. Segundo os #TeamJung, ele aparecia menos que o In Ho no drama e isso causou uma revolta dos fãs.

tumblr_o3by75Xe4o1rr3l8ho6_400 tumblr_o311i8GWIC1uwvoh6o5_400

Até comentei sobre isso antes e vou repetir: independente do seu ship, vamos manter a paz, assistir e curtir o drama sem ficar guerreando com o coleguinha. Afinal, os dorameiros já não são muitos no mundo, se ficarmos brigando assim por besteira, onde vamos parar? É só respeitar a opinião dos outros . 🙁 Adoro o In Ho, mas não vou falar mal do Jung e do fãs dele JAMAIS!

OST

Como é possível uma OST inteira ser tão boa, tão perfeita, com músicas instrumentais que dão vontade de ficar ouvindo por horas? E quando tem uma cena boa, a OST aparece no dorama pra deixar melhor ainda. Minhas preferidas:

AS DIFERENÇAS DO WEBTOON PARA O DRAMA

Como toda adaptação, há sim suas diferenças, e não foram poucas. Algumas cenas mudaram de tempo e outras foram até ignoradas. Confesso que no começo fiquei meio preocupada, mas depois comecei a me sentir mais confortável, até porque o formato da TV é totalmente diferente né e pede até um tom mais “dramático” às vezes, o que também explica o fato de o Jung ser muito mais “obscuro” no dorama do que no webtoon (o que pra mim não é um ponto negativo de forma alguma, gostei ainda mais do Jung no drama).

Eu amei demais o In Ho, sofri com da síndrome do secundário novamente mas ainda gostei muito do Jung mesmo.

E sinceramente, Jung apareceu bem menos que no webtoon, mas não perdeu o sentido, e eles tiveram muitas cenas fofas! Ficaria melhor se ele tivesse aparecido mais? Sim, ficaria. Mas em meio a tantas brigas na produção, ainda achei que foi suficientemente lindo perto do desastre que poderia ter sido.

CHEESE6

COMENTÁRIOS SEM SPOILER

Enfim, eu amei demais o dorama, desde o começo surtando sem limites pela beleza da história, por não ser um drama forçado, por ter o mínimo de clichês possível. Adorei como cada personagem, até mesmo os estranhos da faculdade contribuíram para a formação de caráter da protagonista, ela começa a repensar suas atitudes em relação as pessoas ao seu redor, se vale a pena manter amizade ou se as pessoas apenas estão investindo nos seus próprios interesses.

Foi um drama com vários sentimentos, teve seus momentos de comédia, de melodrama, de lição de vida e até momentos de muita fofura. E apesar de todas as brigas e confusões que aconteceram durante as gravações, o drama manteve um ritmo digno até o fim.

tumblr_o0tqpm3aRP1qbi37ro1_500 tumblr_o1j3gmAQPm1uezol6o1_400

COMENTÁRIOS COM SPOILER

Agora vou comentar sobre o final do drama, pra quem já assistiu o último episódio e quer saber minha opinião, ou pra quem não se importa com spoiler! 🙂

 

SPOILERS

 

 

E vocês? O que acharam?

ASSISTIR LEGENDADO

Tem legendado no Subarashiis Fansub e no DramaFever.

 

Cheese-in-the-Trap_27

Beijos ♥
Mari.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

44 Comentários

  • Responder AnônimA :) March 3, 2016 at 12:54 am

    Que. Resenha. MARAVILHOSA. Você falou tudo, pontuou exatamente o que eu ia comentar. E eu penso igualzinho. E agora, falo o que?!

    ..

    Bom, matraca que sou, não vou conseguir não falar nada. Hê. Lá na outra resposta você me pediu pra te puxar pra conversar, só que eu não tenho rede social. Tô relutando muito pra não criar um Twitter (tipo agora, now, nesse momento), e por ora, o máximo que consigo é ~lotar os blogs de comentários :/ O que, reconheço, é até um incômodo. Mas é meu único meio de desabafo e comentar sobre esse mundinho doramático maravilhoso. :/ Então, desde já, fique ciente que se me der ‘trela’, estarei sempre matracando por aqui.

    Agora, sobre o drama em si. Também sou #TeamInHo, nas cenas do episódio final em que chorei, ele tava envolvido de algum jeito. E já que falei isso, vou começar por ele. AMEI o InHo (não falarei de atuação, porque TODOS do elenco deram show! Vou me ater só às personagens, ok?)! Ele, junto com a irmã (insuportável), foi vítima de seu passado, do seu abandono e falta de identidade familiar, digamos assim. E, mesmo com essa carência toda afetiva, nunca fez nada pra prejudicar alguém. Se prejudicou, foi a ele mesmo. O amor puro e sem exigir reciprocidade em troca pela Seol foi de </3. Que nem você, a vontade que eu tive, principalmente nos últimos eps, era de me debandar pra dentro do drama e virar e virar o par dele. Muito lindo no último final, ver a relação da família da Seol com ele. Acho que pela primeira vez que ele realmente se sentiu acolhido sem nenhuma intenção por trás. E adorei o fato de ele nunca ter forçado nada com a Seol. Afinal, ela sempre deixou claro que gostava do Jung. E o In Ho sempre respeitou isso, sempre fugindo da biblioteca quando sentia o ♡ bater *nhoim* Foi otimo o final que deram a ele, com ele se aprumando na vida, tocando em diante, cuidando da irmã. Foi mto ♡

    A Seol foi uma prota bem legal de se acompanhar. Sem mimimi, ingênua, porém com amor próprio, batalhadora. Gostei bastante! E achei ótima a cena em que ela está no trabalho dela e faz a associação com seus novos colegas aos colegas da facul. E é isso mesmo, na vida sempre enfrentaremos dificuldades, sempre teremos pessoas invejosas, interesseiras, acomodadas.. e cabe a cada um saber como lidar com isso, sem ter sempre um 'guarda-costas' de plantão ali. Gostei muito de como ela madureceu e soube se impor mais. E, sem dúvida, quem a ajudou foi o Jung, ainda que de maneira meio equivocada, a meu ver.

    O casal de amigos, coisa mais fofa, né! Amigos pra toda hora, como não amar? Fora que foram uma fofura no finzinho ♡

    E agora, o Jung. Bom, antes de mais nada, quero deixar claro que não li o webtoon e essa é MINHA opinião, baseada exclusivamente no que o DORAMA me apresentou (fiquei com medo qdo vc falou de brigas entre dorameiros oO). O Jung foi aquele cara misterioso, que no começo eu gostava bastante, do meio pro fim passei a ter raiva e no último episódio gostei e muito! Se o InHo foi vítima do destino, o Jung foi vítima de um pai muito opressivo, e dele mesmo (Jung). Tem uma cena que mostra como ele já tem esse lado ~doente desde criança. Ele não pode ser contrariado, que ele vai lá e bola algo ~maquiavélico contra a pessoa, na maior sutileza, e sempre com um sorriso gentil. Achei interessante que o pai se vê nele e de maneira torta, tenta 'consertar' pra que ele não cresça igual. Mas, como o médico fala, o Jung é diferente. Enquanto o pai se expressava de maneira agressiva, o filho reprimia pra si a frustração, e estampava um sorriso pra se auto enganar de que estava tudo bem. Lembra dessa parte? Mas aí eis que no fim, com todo o desenrolar do acidente, ele cai em si e percebe que veio errando com todos ao seu redor. E se redime, do seu jeito. Achei tão bonito isso! Sério, porque não tinha como passar a mão na cabeça e não ser admitido que ele tem, sim, problemas! E o reconhecimento partiu dele mesmo. Cara, como não gostaram desse episódio final? A cena dele entregando a partitura com o autógrafo do ídolo do InHo, gente, que cena mais linda! Não precisou ele se desculpar, bastou esse gesto e todo o sentimento de ~culpa no olhar (tá, aqui vou elogiar a atuação do ator, porque foi brilhante). E o InHo percebendo também que ele e irmã mais atrapalharam do que o ajudaram.. ain, me arrancou lágrimas https://m.youtube.com/watch?v=2hUH4o3pqHw

    Desculpa pelo textão!! E pela tagarelice!!😶

    😉

    • Responder Mari March 3, 2016 at 12:04 pm

      Muito obrigada! ♥ Eu adoro textão, na verdade eu to feliz da vida com seu comentário. Primeiro porque você adorou o dorama como eu, segundo porque eu gosto de falar sobre isso. hahah Se você não tem rede social, não tem problema nenhum, alias, é até melhor pra você mesma… hahaha E pode vir aqui sempre que quiser pra conversarmos! Sei o que é querer falar sobre o mundo doramático com alguém. ♥

      Realmente, o In Ho sofreu muito na vida, ele mereceu ter um final feliz. Como partia o coração ver ele apaixonado pela Seol e não ter nada em troca além do carinho dela. Fiquei triste, muito triste por ele, não é normal sofrer tanto assim por secundários, eu devo ter sérios problemas. Mas o personagem foi realmente incrível. E adorei ver, no final, a Seol saindo do quarto só pra dar tchau pra ele. Ela tava triste com toda a situação e mesmo assim foi mostrar um sorriso pra ele. Eu fiquei com o coração na mão, que cena mais linda!

      Sobre a Seol, sim sem dúvida ela só conseguiu amadurecer desse jeito por causa do Jung, também reparei nisso e fiquei feliz por ele ter influenciado na história positivamente pelo menos um pouco. E foi uma das coisas que me fez gostar mais dele, porque eu era como você, tinha um caso de amor e ódio com o personagem.

      A cena da partitura eu me emocionei também, a carinha do In Ho foi ótima olhando pro Jung, que como você disse mostrou estar arrependido e não precisou dizer nada.

      E esse vídeo… HAHAHAHAHHAAH socorro! Não paro de rir! 😛

      Obrigada! *–*

      • Responder AnônimA :) March 3, 2016 at 2:08 pm

        Eita, meu texto teve uma parte comida oO Mas era basicamente falando como achei a In Ha insuportável! Sei que tu adorou, mas não gostei do tom que a atriz deu, muito exagerada. Agora, In Ha outra vítima do próprio destino, né. Tive pena, tbm. Ai, gte, só personagem tadico </3 vontade de pegar todos, dar um abraço e adotar pra mim hihi
        Ain, a cena dela indo se despedir dele, ton linda. E fica mais que claro ali como ele realmente nunca esperou nada em troca. Ficou feliz da vida apenas com o sorriso dela. Nhoim, VEM CÁ, IN HO ^^
        Sensacional essa paródia, né? Hahah quem me mostrou foi a fofa da Cerine (blog coracaoferoz) 😀
        E agora, qual será o surtinho da vez? Descendants of the sun tbm tá maara, ~por enquanto. Fui toda feliz ontem ver o ep3, mas o site me trollou e nao consegui ter acesso à legenda. Vc vê por onde? É em inglês? Se sim, compartilha! Eu tô acompanhando pelo dramacool, mas fui trollada ontem. 😤
        Ah, tbm tô acompanhando Come Back, Mister. Tas tbm? Gostei, só vi os 2 primeiros eps, mas gostei. É meu primeiro drama com o Rain, e já posso dizer que tô preferindo a atriz hahah simpatizei mto pelo Rain, não. Mas ainda tá no começo 😉 e o que é o pupilo do chef?! Hun! 😲 haha
        Inté 🙂

        • Responder Mari March 3, 2016 at 6:31 pm

          Eu adorei mesmo a In Ha! hahahaha só não gosto muito de como ela é extremamente irritante. Mas ela é boa pessoa, no fundo, bem no fundo! E eu gostei mais pela atriz mesmo, que adoro a atuação dela desde que a conheci em It’s Ok That’s Love.
          A cena que a Seol vai só pra dar um sorriso pro In Ho é realmente encantadora, e a felicidade dele então… ♥ Eu amo esse homem! hahahha
          Aaah, a Cerine é fofa! *-*

          Eu to surtando com Descendants of the Sun sim! Principalmente pelo meu querido Joon Ki ♥ Eu assisti o episódio 3 ontem mesmo, vejo em inglês pelo My Asian Tv (myasiantv.com) eles sempre lançam rapidinho *-* Achei que o episódio 3 foi bem melhor por incrível que pareça e a história começou a ser apresentada de fato. Quero mais cenas tensas como esse epi teve!

          Estou acompanhando Come Back, Mister sim! Gostei mais ou menos, eu achei a temática legal, mas a história tá meio fraca ainda, porém as cenas de comédia são muito hilárias e eu adoro a muito a mulher (que na verdade é o cara que voltou do mundo dos mortos) hahahaha É muito engraçado ela andando, que atriz palhaça! Adorei! O Rain é lindo maravilhoso, mas as vezes me decepciono com ele atuando, sinceramente.
          hahahha

          • AnônimA :) March 3, 2016 at 7:04 pm

            Sim, Cerine é uma querida. Aguenta e muito minha tagarelice 😑
            Eu poderia ficar horas falando só do In Ho, de verdade, adoraria um spin-off baseado só nele.
            DOTS tá com cara de ser um baita drama! E acho que será triste, viu. Vamos 👀
            Sim, Come Back, Mister é mais bobinha, mas tá agradável até agora😊

            Bjo!

          • Mari March 4, 2016 at 12:21 pm

            Aaah, nem me fala. Quero spin-off no In Ho também. *-* DOTS tá com carinha de ser triste mesmo, mas olha eu até gosto viu, desse tipo de história! 😀

            Beijos! 🙂

  • Responder Adriana R. March 3, 2016 at 12:15 pm

    Amei a resenha!!! Discursou o que eu senti ao longo do que eu assisti no dorama.
    Como eu disse no comentário no outro post, Cheese me deixou cardíaca! Desde o primeiro episódio foi só mistura de sentimentos, sentia raiva, paixão, alegria, tudo ao mesmo tempo com esses personagens muito bem escolhidos, como você disse. Não tenho o que contestar sobre os atores, eles representaram bem o webtoon (comecei a ler após iniciar o dorama, e graças a Deus, se não ia ta surtando com aquele final HAHAHAH).
    E tenho que falar um pouco do InHo que senhor, que coisa mais fofa é aquela????!!!! E ator é lindo, pqp! xD Por um tempo fui #TeamInHo, por ele sempre ta ao lado da Hong, cuidar e se importar com ela indiretamente e bem inocente, mas depois veio a irmã dele estragou! Mentira HAHAH, mas foi logo após a irmã dele entrar em cena que comecei a ver melhor o lado do Jung, a história entre eles, entendi toda essa retração q ele tinha. Os quatro últimos episódios comprovou tudo o que eu comecei a entender sobre o Jung, eu sabia que no fundo o Jung tinha seus motivos.
    E deixa eu terminar falando do desfecho, como eu disse antes, ainda bem que to lendo o webtoon, se não tava enlouquecendo com o final, surtei ainda um pouquinho por ficar aberto, mas depois comecei a refletir (pq sempre rola), e o que você disse sobre o final está certo, e se for prestar atenção mesmo, o final nem foi tão aberto assim, teve o que muita gente esperava, Jung e Hong juntos e felizes e curados de todas aquelas confusões que eles sentiram e viveram.
    Enfim, deixo aqui minha tristeza por saber que acabou esse dorama que me apresentou além da história, os atores que foram lindos interpretando. Ansiosa por mais trabalhos deles.

    Bjs o/

    • Responder Mari March 3, 2016 at 12:53 pm

      Oi Adriana, tudo bem? Que bom que você voltou! *-*
      Muito obrigada. ♥ hahahha Cheese é mesmo muito bom né? Também tive essa mistura de sentimentos. Hahaha O webtoon também é ótimo, me apaixonei por ele pouco antes do drama. Pelo menos temos ele agora, pra não ficar sem Cheese por mais tempo.

      O In Ho é a coisa mais linda! Também fiquei apaixonada por ele! ♥ Não sei explicar em palavras o quanto amei ele! É verdade isso do Jung, ele tinha motivos e precisava de ajuda.

      Sobre o final eu acho que é isso mesmo, é um final que deixa a gente pensando por um tempo pra depois compreender. Fico feliz que tenha gostado tanto quanto eu. *-*

      Quero ver tudo da atriz protagonista, os outros eu já conhecia antes e até vi uns trabalhos deles já. Você quer alguma indicação? Você já viu Cunning Single Lady? Tem o ator que fez o In Ho. *-* Apesar de ele ser secundário tá um amorzinho.

      Beijos e mais uma vez obrigada! ♥

      • Responder Adriana R. March 3, 2016 at 4:43 pm

        Esqueci de comentar sobre a OST, muito perfeita, combinou muito ♥ E roubei seus gifs hehehe
        Eu já tinha visto outros trabalhos de alguns dos atores, menos do In Ho e da Hong, não os conhecia.
        Sobre esse dorama Cunning Single Lady, ainda não assisti, obrigada por recomendar, tava procurando um finalizado pra assistir mesmo, enquanto espero lançar eps de Madame Antoine, que é minha nova paixão ♥

        • Responder Mari March 3, 2016 at 6:38 pm

          Aaah a OST é maravilha né Dri? ♥ Eu fico ouvindo até as instrumentais pra relaxar. Adoro.
          Cunning Single Lady é bem divertido também! Acho que você vai gostar! 😀

          Madame Antoine tá bom demais né? Você é como eu que quer participar desse experimento que esses três gatos tentam conquistar seu coração?! Eu não ligaria viu.. hahahahhaha

  • Responder Rena Késsia March 3, 2016 at 11:28 pm

    Oiiieee!
    Que resenha ótima, ma-ra-vi-lho-sa!! Me deixou com mais ânsia de ver esse dorama! Ate fiquei sem palavras aqui pra comentar, mas vamos lá!
    A atriz principal parece ser muito boa mesmo! Nunca vi nada com ela, mas só pelo o que você falou das expressões dela, sem duvida é daquelas atrizes que nasceram pra atuar. O Park Hae Jin eu já tinha visto em My Love From The Stars, mas o personagem dele não me chamou tanto a atenção, só me deu uma peninha mesmo :/ Só o que eu lia no Twitter era como o personagem dele era misterioso, estou curiosa pra conhecer esse personagem e pra ver ele atuando novamente
    Mas sobre o In Ho (não conheço o ator), pela sua descrição, ele está me lembrando um pouquinho o Young Do de The Heirs, menos a parte de que o Young Do é bem malzinho. Só estou com medo de shippar a Hong Seol com ele, não aguento isso de shippar errado não.
    A fotografia do drama parece mesmo fantástica! Já vi alguma outras imagens e eram lindas! E essa cor laranja, deixando tudo mais legal <3
    A história do dorama foi o que mais me chamou atenção: pelo o que você descreveu, que conta mais sobre a realidade na faculdade e não aqueles negocios de festa doidona e todo mundo rico (como algumas séries americanas). Foi isso o que eu mais gostei de saber que esse drama tem: realidade.
    Agora só me resta assistir e me apaixonar! Ainda assim, vou tentar adiar ao maximo, ja estou bem enrolada nos doramas que estou vendo ainda ^^

    Beijão e desculpa pelo comentário gigante!

    • Responder Mari March 4, 2016 at 12:40 pm

      Oii Rena! Muito obrigada! ♥

      Os atores são ótimos mesmo, e o In Ho é meu favorito! ♥
      Você tem que ver esse dorama! rsrs Quanto a realidade dos estudantes é realmente bem legal Rena, aparecem pessoas inusitadas, chatas e invejosas o tempo todo, dá raiva… mas é bem legal! HHAHA
      Quando você assistir, me conta o que achou! *-* Sei que a lista de doramas é grande, mas Cheese vale a pena! 😀

      Beijos e muito obrigada!
      Obs.: Pode mandar comentário gigante sim que eu adoro!:D

  • Responder helo March 5, 2016 at 4:48 am

    Gostei muito da sua resenha e principalmente da parte do spoiler hehe. Tenho que admitir, por mais fofo e querido que o InHo foi, não consegui parar de ser TeamJung. Não só porque eu sou uma grande fã do Park Hae Jin(você já assistiu Bad Guys? Mais uma oportunidade de ver o Hae Jin sendo creepy), mas também porque a Seol nunca viu o InHo com outros olhos, ele era apenas um grande amigo para ela! Não achei o final ruim, mas me deu muita vontade de uma segunda temporada(;_;).
    Cheese in the Trap estava indo muito bem infelizmente nos episódios finais aconteceu toda aquela briga entre fãs-produtores-atores… mas de qualquer jeito foi um drama muito bom!
    Quase morri com JungSeol, mas como dizem: “sempre há luz no final do túnel”… e essa luz é Song Joong Ki*–* Abençoado seja Joong Ki e seu sorriso/abs maravilhoso! E abençoados sejam os diretores porque DOTS está MUITO bom!!<3

    • Responder Mari March 7, 2016 at 11:45 pm

      Oi Helo! Muito obrigada pelo comentário! ♥ 😀 Que bom que gostou da resenha e é bom saber que mesmo alguém Team Jung ainda gostou do drama mesmo assim. Porque tem gente falando horrores só por causa do final. 🙁
      O drama é muito bom, injusto julgá-lo como ruim por causa do último episódio apenas, não é?
      Não vi Bad Guys ainda, mas tá na minha listinha. *-*

      hahhahhaa sobre a luz no fim do túnel, realmente Song Joong Ki veio em uma boa hora. ♥ Eu também to adorando DOTS e todo fanservice que nele há.HAHHAHAH

      Vi seu link aqui no comentário e já vou lá conhecer seu cantinho. Beijos e obrigada ♥

  • Responder Priscila Radany March 7, 2016 at 12:32 pm

    Maari ^^
    Caraca, melhor post ever! Compartilho de sua opinião sobre o drama. Cheese In The Trap foi maravilhoso do começo ao fim, a temática, os personagens e a fotografia tudo precioso e com certeza entrou na minha lista de dramas favoritos.
    #TemInHo forever! Além disso Cheese vai ficar sempre marcado por ser o drama que consegui apresentar a uma amiga, ela se apaixonou pelo In Ho e agora é super fã de dramas, finalmente consegui influenciar alguém! kkkk
    Quando assisti o final, não vou mentir que na hora fiquei decepcionada, porque na verdade levei um susto que acabou ali, naquele momento tão assim sabe…? Mas como dorameira fanática, esses finais já são sempre esperados. Quando passou o susto e comecei a analisar, acabei satisfeita, porque o drama todo segue bem fiel a realidade, os personagens são carismáticos por terem defeitos, muitos defeitos! E o final é isso mesmo, é como a vida é, nem tudo é preto e branco. Queria beijos? Reencontro romântico com uma música emocionante de fundo? Lógico que queria! Mas eles conseguiram deixar um final aberto ao expectador, para que usássemos nossa imaginação.
    Eu só senti que faltou uma interação melhor entre a Seol e o In Ho, não que acreditava que fossem ficar juntos, mas a amizade deles poderia ter sido trabalhada melhor no final. Ela poderia ter ido a apresentação dele, ou terminar a cena do restaurante com os dois conversando ou algo assim. Fiquei com a impressão de “fim de amizade” entende?
    Enfim… Seu blog é F**a skpaokspaoks
    Beeijos :*
    http://www.youtube.com/PriscilaRadany

    • Responder Mari March 7, 2016 at 11:52 pm

      Oooi Pri! 😀
      Obrigada pela visita, pelo comentário, pelos elogios! ♥ hahah
      Aaah que bom que você conseguiu influenciar alguém, é bem difícil isso mesmo. HAHAH Aee, mais uma #TeamInHo! ♥ Ele é tão lindo, tão simpático, tão bondoso… ai ai.
      Hahah o final é mesmo chocante, confesso. Mas é como você disse, a gente acaba refletindo e vai entendendo aos poucos. Eu também estou acostumada com esses finais de doramas.
      Essa parte da interação entre Seol e InHo é verdade, poderia ter tido, mas eu acho que eu ia sofrer demais vendo isso, sempre sofro muito com secundários amorzinho e o In Ho fez de tudo por ela. Eu só queria que ele ficasse bem! kkk

      Mais uma vez, obrigada! ♥ Beijos!

  • Responder Jess March 8, 2016 at 11:35 pm

    Só digo uma coisa Mari: Sofri o drama INTEIRO com a second lead síndrome HAHAHAH Não tem jeito eu não consigo escapar dela. Eu já conhecia o Kang Joon de um webdrama que eu tinha assistido anteriormente (do ASTRO meu queridinhos), mas eu fiquei perdidamente apaixonada pelo In Ho. Sofria junto com ele o drama inteiro, foi triste. HASUDHUSAHDA Kang Joon foi muito bem no papel, comecei até a assistir Rommate pra saber um pouquinho mais dele. Sobre Cheese, confesso que minha amiga contou o episódio final e até agora não tive coragem de assistir! :X
    Vou ver se tomo coragem e assisto logo. S
    ADORO o seu blog! Beijos

    • Responder Mari March 9, 2016 at 1:42 pm

      Oi Jess! ♥ Obrigada por compartilhar desse sofrimento de second male lead comigo, eu SOFRI DEMAIS TAMBÉM! hahahahha Ele é incrível, eu já o conhecia também, mas só me apaixonei de verdade por causa do In Ho também! *-*
      Assista sim o final do dorama, pra acabar com a dor logo! HAHHAHA Quando assistir me conta os seus sentimentos… kkk

      Obrigada pelo comentário e elogio! ♥
      Beijos!

  • Responder Emily May 23, 2016 at 2:21 am

    Amei a resenha, descreveu bem oque eu penso 😊 Tomara que tenha uma segunda temporada! Você poderia me falar outros k dramas que se passam em faculdade, ou que sejam parecidos com esse? E abusando um pouco da sua bondade, vc poderia me dizer o nome das musicas ? N estão aparecendo no post. Obrigado 😘

    • Responder Mari May 25, 2016 at 12:00 pm

      Oi Emily, parece que vai ter um filme! Vi no Asianwiki, parece que o Park Hae Jin já tá até confirmado. :O
      Olha, doramas que se passam em faculdade é meio difícil ou eu não vi ainda, sei de Heartstrings apenas. Tem os escolares, que não deixam de ser bons também como Who Are You School 2015.
      Arrumei as músicas do post! Obrigada por avisar! Essas são as que eu gosto mais…
      Mas se quiser, tem a OST toda aqui: https://www.youtube.com/playlist?list=PLekEwA7t55uACayy1SW1OVklfQccJf8GL

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos ♥

  • Responder Pati June 6, 2016 at 12:55 am

    O! Comentando em Junho hahahah! Vi o ultimo episódio ontem e eu concordo 90% com a sua opinião sobre o final, eu amei o dorama, amei os protagonistas, acho que foi o primeiro dorama que eu assisti em que não tive vontade de dar uns tapas na mocinha em algum momento kkkkkk
    Mas sobre o final, claro eu preferia uma coisa mais fechadinha e feliz, mas entendo e acho que realmente o final ficou condizente com a história (aliás amei ela não ter ido atrás dele no aeroporto), o drama não era só sobre romance, mas sobre os problemas psicológicos dos protagonistas, o Jung sendo sociopata, o In Ho violento, a Seol insegura e abnegada, e por isso eu achei o fato de ele ter terminado com ela para se resolver antes de causar mais mal a ela muito bonito, só que aí o drama salta 3 anos, e aí descobrimos que a Seol apesar de ter conseguido o emprego dos sonhos, ter se realizado profissionalmente, está infeliz, e como ela mesmo diz, em pensamento, ficando amarga, eu não queria isso pra ela, todo o desenvolvimento que ela teve durante a história pra ficar 3 anos sofrendo pelo Jung é injusto, não queria que ela tivesse esquecido ele, claro que não, mas que mostrassem ela mais feliz com as conquistas que ela teve na vida e não só como mais uma mulher bem sucedida na carreira mais solitária e amarga. Acho que se o pulo no drama fosse de 1 ano ao invés de 3 ficaria mais legal, nossa 3 anos é muito tempo pra uma pessoa se resolver consigo mesmo, fora que sozinho? 3 anos sem tentar falar com a pessoa que ama? a unica pessoa que te entende e te aceita como vc é apesar de tudo? Não acho que precisava de tanto tempo, foi meio cruel com a Seol, mas fora isso eu entendi que agora que ele leu o email dela (não entendi bem se ele respondeu o email ou aquele “Seol” que ele falou foi pensamento) e que agora vão retomar contato e possivelmente o relacionamento, mas aquela cena deles atravessando a rua e ele não vendo ela doeu, podiam ter nos dado pelo menos uma cena de reencontro, só dos olhares se encontrando já seria lindo.
    Vou torcer por uma segunda temporada, mas acho que dificilmente vai rolar, porque agora não teria muito o que mostrar se os personagens já resolveram seus maiores problemas, mas torço mesmo assim, eu quero ver a Seol sendo feliz, eu amei o Jung e vejo que a maioria se refere a ele como o grande protagonista da história, mas pra mim foi ela, me identifiquei demais com a Seol, me vi pensando as mesmas coisas que ela em várias situações, foi a melhor mocinha de dorama que vi até agora, Sam Soon me perdoe, ainda amo você.

    • Responder Mari June 16, 2016 at 4:52 pm

      Oi Pati!
      Não tem problema estar comentando em Junho desde que veja esse drama ♥
      Hahahah, ah! A maioria das pessoas gostam de final fechado mesmo, eu que sou louca. :/
      Pior que você tá certa, sobre ela ficar 3 anos sofrendo pelo Jung. Se o tempo fosse menor ia ficar mais legal mesmo. Mas só isso, o tempo… porque pra mim tudo foi perfeitinho. hahaha
      Eu ouvi dizer de um filme de Cheese, não acho que vai ter segunda temporada não devido as várias brigas que rolou durante a produção do drama. Mas o filme para que o Park Hae Jin já foi até confirmado. Não acredito assim tão facilmente, mas ainda tenho esperanças também. Hihi. 😀
      Ela, a Seol, é a protagonista maravilhosa sem dúvida! Não acho que foi o Jung não! Ela é ótima, uma das melhores pra mim também. Adorei ver ela crescendo e amadurecendo. *-*

      Obrigada pelo comentário. ♥
      Beijos.

  • Responder Lydia July 17, 2016 at 5:10 am

    Eu particularmente não gostei desse drama, primeiramente porque não é meu gênero favorito. Acabei vendo por insistência da amiga (quem nunca?), e realmente achei o drama não digo ruim, mas com problemas sérios no desenvolvimento de alguns personagens e o desenvolvimento arrastado e desinteressante.

    Em resumo, meu problema não foi shipp A ou B, o que aconteceu é que eu não consegui me apegar aos protagonistas. O cara era totalmente misterioso sendo difícil simpatizar ou entender ele (falo por mim, ok?), a protagonistas era uma garota (ao meu ver) sem cor, era uma pessoa sem identidade, fraca e sem graça. Eu simplesmente odeio esse tipo de protagonista feminina, prefiro protagonistas adultas e capazes, mas aí também gosto pessoal. A coisa mais doida desse drama pra mim foi a capacidade da protagonista, ou falta dela, de aceitar namorar com um cara que ela acha que a odeia e que a ferrou no passado. Tipo, oi?. O tempo inteiro ela tinha dúvidas sobre ele e nunca o questionada, essa submissão dela me incomodava muito. Se o problema de Cheese fosse shipp errado era moleza!

    O outro garoto lá era bonitinho com ela, mas também não achei que eles parecessem um casal, eram igualmente sem graça juntos apesar de haver notoriamente um relacionamento mais natura e amigável do que com o oficial.

    Achei o drama bastante arrastado e cheio de plots desinteressantes, era um carinha louco que corria atrás dela, a outra louca que queria ser ela, briguinhas de estudantes, o casal de amigos que não era casal etc, etc.

    A irmã boa vida era bem divertida, fora isso Cheese in the trap, novamente, PARA MIM, é um drama esquecível. É bem verdade que eu não gosto de dramas com romances leves e ambiente escolar/universitário. Prefiro dramas mais adultos, acabei vendo por insistente recomeçadão e consequentemente não gostei.

    Sobre o final ser aberto, não assisti, abandonei o drama no episodio 13 mas minha opinião é pouco importante até porque nós estamos falando de Kdramas, hahahah. Final 100% é luxo.

    Deixando claro mais uma vez que é minha opinião, quem quiser ver, assista e tire suas conclusões. Enfim, questão de opinião.

    • Responder Mari July 18, 2016 at 6:56 pm

      Oi Lydia, que pena que você não gostou do drama! Realmente, cada um tem seu gosto e eu respeito o seu! 😉
      Eu amei Cheese, como você pode perceber pela resenha. Hahaha. O ambiente de Cheese é universitário, diferente dos que estamos acostumados nos dramas escolares e as situações apresentadas são reais de gente como a gente. Na faculdade passei por situações bem parecidas como a da Hong, e por isso me identifiquei tanto.

      Beijos. 🙂

  • Responder Mayara de Souza Pereira November 13, 2016 at 1:28 am

    AAaaah acabei o ultimo capito agora e amei ler sua resenha concordo, amei o não cliche da historia em todas as partes ameis o casal, e sim pra mim eles ficaram juntos, tb m acho que não precisava demais, afinal eles ficaram mt tempo juntos as brigas deles nunca foi de separação amei tudo no drama de verdade esta no meus favoritos pena não ter acompanhado na epoca HAHA
    BJS
    http://www.quaseinvisivel.blogspot.com.br

    • Responder Mari November 15, 2016 at 1:28 pm

      Oi Mayara! Que bom que gostou do drama! É maravilhoso não é mesmo? *-*
      Fico tão feliz quando alguém fala que gostou do final. Também amei tudo!

      E obrigada pelo comentário!

      Beijos ♥ ♥

  • Responder Andressa December 3, 2016 at 1:07 pm

    Eu gostei do final de Cheese in the trap, não foi ruim como a maioria diz. Eu não shippei errado, In Ho era mais como um amigo pra Seol e não vi sentido em ele começar a gostar dela, me pareceu rivalidade dele com o Jung, só isso. Devo falar também que um dos personagens que mais me fizeram sofrer nesse drama foi a Baek in Ha. No começo eu achava ela chata mas depois fui tentando entendê-la, ela passou por rejeição e outras coisas, como alguém falou aí o drama aborda esses problemas psicológicos dos personagens. O Baek In Ho também me fez sofrer com a história dele do piano e quando o motivo dele parar foi revelado eu chorei MUITO. Aliás, nos últimos episódios eu chorei um mar inteiro… O drama me marcou, me fez chorar mas também teve momentos bons. É meu drama favorito e um dos melhores de 2016.

    • Responder Mari December 5, 2016 at 12:31 pm

      Oi Andressa!
      Que bom que você não shippou com o In ho, assim sofreu menos! hahahaha
      O final realmente não é ruim, entendo que o pessoal gosta de final fechado, mas adoro poder imaginar as coisas.

      Também é um dos meus favoritos de 2016!

      Beijo! :*

  • Responder Larissa January 15, 2017 at 5:34 am

    Mari, muito obrigada por essa resenha. Sem você eu provavelmente estaria odiando o final até agora por não ter entendido direito. Nossa, Cheese in the trap foi muuuuito bom! Agora é esperar pelo filme e acompanhar o Webtoon, hehe. Beeeijos 😀

    • Responder Mari January 16, 2017 at 3:24 pm

      Oi Larissa! Ah, que bom que pude ajudar! ^^ Obrigada ♥
      Cheese é um dos meus favoritos é muito bom mesmo. Hahaha Se você gostou do drama, vai adorar o webtoon. 😉

      Beijos e obrigada pelo comentário!

  • Responder Andreia April 2, 2017 at 2:57 am

    Adorei o drama <3 e sua resenha também hahhaha….cheguei as mesmas conclusões que você…..conheci a atriz em Goblin…e novamente não me decepcionei com a sua atuação….adorava os cachos vermelhos…..adicionei mais um oppa pra coleção #TeamJung <3….gostei muito do andamento da história….como você disse…nos somos uma construção do que vivemos e isso ficou muito claro com o personagem do Jung….ele decide "ir embora" pra se tornar alguém melhor e porque precisava mudar…pra mim isso é um final super feliz pro personagem…nem todo mundo tem essa coragem…sair da sua zona de conforto…infelizmente ele percebeu isso de forma bem triste…..quanto ao final….concordo com tudo o que você disse xD…..achei bem consistente com a história…..pra mim ficou bem claro que eles vão voltar <3

    • Responder Mari April 7, 2017 at 12:40 pm

      Oi Andreia!
      Que bom que gostou do drama e que pensa dessa forma também, somos poucas nesse mundo dos dramas que pensam assim viu… hahaha
      O Jung precisava disse, uma pena mesmo que foi do modo mais triste. 🙁

      Beijos e obrigada pelo comentário! ♥

  • Responder Raissa Peregrine April 25, 2017 at 12:03 am

    Oii Mari, tive um tempinho nesse feriado e maratonei esse drama…
    Honestamente, preciso falar dessa capa e nome, eu não o teria escolhido aleatoriamente, pois sinceramente, nada me atraiu logo de cara, nem mesmo a sinopse, se não fossem as resenhas e a OST, nem o teria visto; Enfim, vamos para o desabafo sobre o que achei do drama em si… Eu adorei, toda a história se passando na faculdade, caramba, foi muito real, todos esses sofrimentos e acontecimentos que se passam, eu vivencio isso, e foi lindo ver que não tem nada de lindo nessa vida, a não ser o alcanço da conquista profissional, ou seja, ótimo cenário. Já sobre os personagens, parece que cada um foi devidamente pensado para cada papel, encaixaram perfeitamente, a Seul, ficou perfeita na personagem, com personalidade forte e determinada, uma pessoa que nos dá orgulho de acompanhar, mesmo em volta a tantos problemas… e no meio disso tudo surgiu o Jung (Pai amado, que homem!!! Que ator s2), simplesmente meu personagem favorito de muito tempo dentre os dramas que já assisti, aquele lado ‘estranho’ que nos intriga e ao mesmo tempo nos revela, que todos temos um lado ”Jung” de ser, só não aceitamos em meio as críticas que nos cercam, mas temos. Basicamente, no início, como eu li muito também, não gostei como as coisas começaram, entre os dois, foi rápido e a Seul o julgava muito por ser calado, por guardar tudo pra si, sendo que ela fazia o mesmo, mas depois que os dois foram se conhecendo e ela o entendeu e se entendeu, tudo começou a ficar lindo… Amei tudo dos dois. Ahh tem o In Ho que amei de todas as formas, podia vir aqui tocar piano na minha vida (Obrigada, de nada!!) amei o personagem e o ator, se entregou super ao papel de esquentadinho com um talento incrível, o único defeito dele, era a sua irmã, que honestamente, só tava ali pra fazer ‘ vários merd@s’ porque honestamente, que pessoinha impossível de engolir, detestei do início ao fim, e até teve um fim bom pra ela poxa, nem merecia hahaha/. Bom, desabafei sobre os personagens, e agora vou falar do que eu achei do final, não odiei como muitos odiaram, mas achei que podia sim ter sido bem melhor, poxa, tudo bem que tinha toda a história do In Ho com seu problema na mão e sua vida difícil e aquela irmã (aff), mas e o Shipp principal ??! O sorriso inesquecível do Jung no último episódio??, senti falta disso, gostei do modo que as coisas ficaram para se interpretar, mas deviam deixar um ar de felicidade no ar, e não de melancolia, poxa 3 anos????!! é tempo demais, a gente merecia que pelo menos mostrasse o Jung sorrindo ao ler os email’s, algo assim, mas não. Foi isso que senti falta, da alegria que ele tinha ao lado dela, mas eu amei o fato de que Seul e Jung era pra ser, mas não naquele momento, isso me inspira muito, e dá esperança de um amor assim na realidade, quem sabe!! Por fim, amei o drama, ensina muito sobre vermos a si mesmos, e não nos julgarmos tanto por ser estranhos e precisarmos do nosso tempo, cada um tem seus demônios, só precisamos conviver com eles… Desabafei de novo.. Obrigada pelo espaço de sempre Mari, beijooos !!

    • Responder Mari April 25, 2017 at 5:40 pm

      Olá Raissa! Tudo bem?! Faz tempo que a gente não conversa!
      Aaaaaaaa! Esse drama é muito maravilhoso, fico muito feliz que você tenha gostado tanto assim ♥ Concordo com tudo o que disse!
      É, muita gente reclamou que queria o final pelo menos um pouquinho mais fechadinho… :/
      Eu também achei esse drama inspirador e uma ótima lição de vida <3
      Fique a vontade pra desabafar aqui sempre que quiser! ♥ Obrigada eu por ter pessoas carinhosas assim!
      E adoro comentários grandes com desabafos, tão bom saber o que o pessoa acha e que muitas vezes não estou sozinha nessa! 🙂

      Beijos!!

  • Responder Talita Queiroz May 2, 2017 at 5:16 am

    Nossa, amei sua resenha!!!!
    Senti-me muito contemplada por tudo o que você falou. Também sofri com o secundário kkk não tinha como ser diferente, In Ho é maravilhoso! rs Compreendi, apesar de passar raiva em muitos momentos rs, o papel do Jung, achei bem profundo. Acho que todos os atores foram muito bem escolhidos, não consigo pensar quem ficaria melhor nos personagens principais. Amo trilhas sonoras e não seria diferente com a ost de cheese in the trap, já está na minha lista do you tube rs Agora vou começar a ler o webtoon, bem curiosa! rs

    Bem, é isso…Parabéns pela resenha!!! ^^

    • Responder Mari May 2, 2017 at 4:21 pm

      Oi Talita! Que bom que gostou do drama! 🙂 O webtoon é igualmente lindo, espero que goste também. Preciso terminá-lo. *-*
      O Jung é profundo sim, um personagem que a gente quer conhecer mais. O In Ho, sem comentários, já falei o quanto amei ♥
      Todos muito complexos né?

      Beijos!! E muito obrigada ♥♥

  • Responder Linne June 8, 2017 at 2:05 am

    É a minha primeira vez aqui comentando, como eu não tenho ninguém que eu conheça que goste de doramas eu sempre busco ler resenhas, então antes de começar e ao terminar eu sempre venho aqui ler.~

    Cheese in the Trap é um que eu dizia a mim mesma que não ia assistir, tinha uma nota baixa e muitos comentários negativos a respeito do fim, mas vi ele na lista dos 10 melhores e li sua resenha e resolvi dar uma chance, já que concordo com muitas das tuas opiniões eu pensei talvez eu goste do fim ou não importa que o fim seja ruim porque isso não quer dizer que todo o resto é ruim. Fico muito feliz de ter assistido ele, amei ele de cara e todo o desenvolver dele, me apeguei muito aos personagens também. Sobre o final? Achei justo, não achei perfeito. Porém achei que ele se encaixou muito bem, gostei das resoluções e do futuro dos personagens, gostei das lições que foram dadas ao decorrer da trama e que fizeram a diferença no final, acho que só não gostei porque acabou e gostaria de continuar acompanhando mais sobre eles, para ver como eles iam continuar amadurecendo. E é claro feliz porque o amado do In Ho acabou feliz, não aguentava mais o sofrimento dele.

    • Responder Mari June 8, 2017 at 7:07 pm

      Oi Linne, que bom que deu uma chance. Eu sempre falo que não importa quantos comentários negativos tenha, a gente tem que tentar porque as opiniões são tão diferentes!
      E fico feliz que achou o final digno também, tem gente que ama o drama mas odeia o final. Hahah eu gostei de tudo, me identifiquei com a protagonista e a história é muito gostosinha de ver. 🙂
      O In Ho merecia MUITO mesmo ser feliz ♥

      Obrigada por comentar, venha sempre deixar sua opinião ♥♥ Beijos!!

  • Responder Elaine Souza August 26, 2017 at 4:50 pm

    Resenha maravilhosa.
    Cheese in the Trap foi um um dos melhores dramas que já assisti,entrou facinho na minha lista de favoritos.
    Achei o final totalmente condizente com o que a história foi mostrando ao longo dos episódios.
    Perfeito,perfeito!

    • Responder Mari September 11, 2017 at 6:56 pm

      Oi Elaine! Ebaa! Tão difícil encontrar quem gostou 100% desse drama! Obrigada! ♥

  • Responder Samantha September 29, 2017 at 3:33 am

    Oiee!

    Como muita gente aqui, tb preciso dizer que a tua resenha foi perfeita! Eu simplesmente AMEI Cheese em todos os momentos, e isso inclui o final. <3 Atores ótimos, trilha linda e uma história incrível! O drama fez eu me apaixonar pelo Park Hae jin (tive uma leve decepção com Man to Man, hehehe). Super entendo vc ser #teamInHo, mesmo meu coração batendo mais pelo Jung, estava preparada pra qualquer um deles, rsrsrs. E não ficaria chateada! Na verdade, tb esperei um final trágico, acho que tb por isso fiquei tão aliviada e feliz com o que ocorreu.

    Cheese in the trap se tornou o meu segundo drama favorito de todos (sou nova na dramaland, haha). Minha medalha de ouro ainda é de Innocent Man (amo o Joong ki) e amo ainda mais o fato de ser um drama com uma pegada diferente, assim como Cheese. Por curiosidade, onde vc consegue ler o webotoon?

    Obs: Li que estão programando um filme onde o protagonista é de novo o Park Hae jin, mas a Seol não será interpretada pela Kim Go eun (fiquei triste, vai ser estranho ver o 'Jung' com 'outra'), hehe. 😛

    Beijooos! 🙂

    • Responder Mari October 27, 2017 at 5:03 pm

      Oi Samantha! Desculpa a demora pra responder, eu estava viajando e me atrasei toda aqui no blog. rsrs
      Own, obrigada! 💛 Haha e eu também entendo porque você ficou mais atraída pelo Jung, é que eu amo tanto o ator que faz o In Ho. O final foi lindo pra mim ♥

      Aaaah Innocent Man é maravilhoso!

      Eu li o webtoon pelo app Line Webtoon. 😉
      E sim, vai ter o filme com outra atriz, também vou achar super estranho, é uma pena 🙁

  • Responder Anne October 15, 2017 at 10:54 pm

    Ahhhh
    Precisamos falar sobre esse dorama. Cara, ele é incrível do início até perto do fim. Sim, entrei para o clube que achou o final meio decepcionante. Amei as cenas que a Seol tinha com o Jung, eram cativantes e não forçavam, mas cara, a relação do In Ho com a Seol tinha algo mais, tinha algo mais cativante. Eu crirei esperanças até o fim de que e a Hong fossem ficar juntos, e tipo, nem mais se falar eles se falam. Pelo menos deu a entender isso. Acho que se o romance fosse entre eles dois e o Jung, por quem eu também tinha uma relação de amor e ódio, fosse a terceira roda, assim como o Baek in ho foi, teria sido melhor. Mas eu concordo no fato de que o Jung fez a Seol amadurecer de verdade, e tudo que ele sentia era sincero. E achei o cúmulo do mente madura da escritora de ter feito o Jung se afastar da Seol para aprender a amar. A maioria dos livros e filmes cria essa idéia, em que o cara trata a guria mal o tempo todo e no final chega com essa idéia de “essa é minha maneira de amar”. Embora o Jung não tratasse a Seol mal, mas a maneira manipuladora e distante que ele agia as vezes amostrou que aquela era a forma errada de amar. Mas dude, fora 3 fucking anos. 3 anos. Foi muito tempo. Se eles não ficassem juntos seria a melhor personificação daquela frase ” alguns amores foram feitos para existir, não para acontecer” e reforçaria de que algumas pessoas são que nem cometas colidindo em nossas vidas, e que essas colisões nunca mais nos deixará ser a mesma pessoa. Se o mundo se tornasse tipo W e eu tivesse a chance de entrar na história e mudar as coisas eu faria um final que o Baek in ho e a Seol ficassem juntos, mas ela ainda recebesse a confirmação de que ele leu o e-mail, e ficaria aquela dúvida no ar para saber se ela abrirá a mão de ser feliz novamente, ou voltará para rejuntaros pedaços. A In Ha é extremamente complexa. Eu me dividi entre a pena e a empatia. Ela é uma personagem que você tem que estar pronto para entender. O In Ho também é extremamente complexo e o fato dele ter voltado a tocar com sentimento em prol de um amor que nunca seria dele dilacerou meu coração. Aquele final, quando ele está tocando piano olhando para um ponto distante da partitura e sorrindo, é como se ele estivesse lembrando da Seol, e meu deus, vou ficar o dia todo falando disso. Sabe aquela frase, é como se eu tivesse assistido ontem? Pois é, terminei de assistir ontem e me recuso a aceitar. O legal também é que não foi previsível, pelo menos eu não achei, e a OST foi de matar. Você sabe algum dorama parecido com esse? O amadurecimento da Seol também foi notável. Tipo na parte que ela tira o nome do Sung Chul(?) Do trabalho foi algo tão pequeno e tão forte. E a cena que ela briga com os pais e fala tudo preso na garganta E corre chorando ao ver Jung? Ok, parei por aqui. Acho que é Cheese in the trap não apenas porque os personagens são levados a diferentes armadilhas e ficam presos em dilemas similares aos nossos, mas também porque nós também somos ratos indo em direção a uma armadilha, e ficamos totalmente presos em cada episódio mais catastróficos que o outro.

    • Responder Mari October 27, 2017 at 5:31 pm

      Oi Anne! Concordo com você com a parte das cenas do In Ho, com certeza tinha algo mais. Criei esperanças até o fim também. Eu não acho que o Jung foi embora pra aprender a amar, mas sim porque ele precisava aprender a se amar, ele precisava de um tempo pra ele e estar com pessoas pode influenciar isso sim positivamente e negativamente. Eu mudaria tudo também pra que ela ficasse com In Ho. hahaha
      Exatamente, é um drama complexo com personagens que fazem jus ao nome. Concordo com sua explicação sobre o nome do drama, e não teria melhor.

      Beijos

    Deixe um comentário