Doramas, Entretenimento, K-Drama

Eulachacha Waikiki (Go Go Waikiki) – K-Drama

Hoje eu venho com prazer falar desse draminha que fez meus dias mais felizes. Minhas noites, pra ser mais exata. Quando eu chegava do trabalho depois de um dia cansativo, tudo que eu queria era ligar o computador pra dar boas risadas e aliviar o estresse com Eulachacha Waikiki.

Desde os teasers e posters lançados, os dorameiros já estavam loucos pensando que esse poderia ser um drama incrível e de fato foi. Lembro que os teasers que a JTBC lançava eram bem diferentes, um deles era uma página com as avaliações de clientes que já tinham se hospedado na Waikiki, mas esses hóspedes eram personagens de outros dramas da JTBC, como da Bong Soon e de Age of Youth. 😂

 Eulachacha Waikiki aborda a vida de pessoas comuns tentando alcançar seus sonhos em um enredo leve e de uma forma extremamente divertida e cativante. 💛

Eulachacha Waikiki
(Laughter in Waikiki /Go Go Waikiki)
으라차차 와이키키
Episódios: 20 | Emissora: JTBC | Ano: 2018

Sinopse: Kang Dong Gu sonha em se tornar um diretor, mas ele  tem muita má sorte. Joon Ki queria seguir os passos de seu pai e se tornar um ator, porém tudo que ele consegue são papéis de apoio. Doo Sik quer se tornar um roteirista, mas as coisas não andam fáceis para ele. Esses três homens administram a guest house Waikiki em Itaewon. Eles correm risco de entrar em falência e pra completar uma mãe solteira misteriosa e seu bebê batem na porta.

Não que Eulachacha Waikiki seja um dos melhores doramas da minha vida, mas com certeza é um dos melhores dramas de comédia que já vi. Mas não porque é humor do começo ao fim, nem porque tem uma história profunda ou algo do tipo, mas justamente porque é uma história leve, com bom humor e situações que até nos fazem passar (muita) vergonha alheia dos personagens que são pessoas comuns (ok, bem mais loucos que a gente) tentando ter uma vida melhor e alcançar seus sonhos. E através desse enredo leve mas divertido que os personagens nos conquistam de uma forma especial.


A história se passa a maior parte do tempo na guesthouse Waikiki, onde vivem Kang Dong Goo, Lee Joon Ki, Bong Doo Sik e Kang Seo Jin. E logo, mais três personagens se juntam à turma: Min Soo A, Han Yoon A e Sol a bebê mais linda e fofinha do universo! Os sete são muito loucos e vivem momentos mais loucos ainda, e muitas vezes estranhos e muito engraçados. As situações que os personagens se colocam são tão surreais que às vezes dá até desespero pensando como eles vão sair de todas as confusões que se metem. O nível de humor é ótimo, as vezes parecem aqueles de comédia pastelão mesmo, mas me fazia rir bastante e como já disse, era ótimo pra aliviar o estresse.

Apesar de ter bastante comédia, o roteiro mistura bem os momentos cômicos com romance e drama. E por mais que a história seja leve, o enredo trabalhou bem o desenvolvimento e o crescimento do personagens, que como já mencionei antes, estão tentando alcançar seus objetivos. E compreendendo o humor e a “estranheza” do drama, também é possível entender os personagens que muitas vezes são exagerados, mas ainda assim encantadores.


Kang Dong Gu
(Kim Jung Hyun) é o dono da Waikiki, ele tem o sonho de ser diretor de cinema, mas claro que a vida não colabora. Ele precisa pagar as dívidas da guest house mas raramente tem hóspedes. Pra piorar seus amigos também não tem dinheiro nem emprego e os três se viram como podem. Dong Gu é um personagem estouradinho, está sempre brigando com todo mundo. E esse temperamento me deixou frustrada em certa parte do drama, mas não me fez odiá-lo por completo. Apesar desses momentos de personalidade difícil, Dong Gu foi um amorzinho a maior parte do drama, principalmente quando tinha que cuidar da bebê fofinha Sol.

Essa é a terceira vez que vejo Kim Jung Hyun atuando e num personagem totalmente diferente das outras vezes. Posso dizer que estou cada dia gostando mais do trabalho dele e pensando onde foi que esse ator se escondeu todo esse tempo que a Coreia só descobriu agora? haha


Lee Joon Ki
(Lee Yi Kyung) é de longe o personagem mais problemático, mais inconveniente e mais embaraçoso do drama, mas naquele nível que chega a dar vergonha alheia das situações que ele se envolve, que dá agonia só de pensar como ele vai se livrar de todas mentiras que ele conta e também um desespero enorme pensando se até o fim do drama o personagem estará vivo, porque é cada uma… Joon Ki é ator, ou pelo menos está tentando ser um, ele participa de audições, vive fazendo pequenas participações e se contenta com qualquer papel que apareça, mesmo que seja algo bem exótico. Ele é tão palhaço que eu morria de rir só de ver as expressões dele, que no começo podem parecer um pouco exageradas mas que depois de pegar o ritmo do drama podemos ver claramente que fazem parte da essência do personagem. ~ gwenchana, gwenchana… 

Joon Ki virou meu personagem favorito do drama, não só por sua personalidade maluca mas porque é daqueles que faz de tudo para que a vida dê certo. Ele enfrenta as coisas mais insanas afim de conseguir o que quer, sempre com bom humor e sendo o amorzinho de pessoa que ele é. O ator Lee Yi Kyung vem fazendo personagens secundários nos dramas há muito tempo, mas aos poucos ele foi conquistando seu espaço com seu jeito único e carismático. Eu que sou fã há um tempão, sempre desejei que ele tivesse um personagem de destaque e ainda bem que com Eulachacha Waikiki ele ganhou ainda mais reconhecimento. Pude associar a vida real dele com o personagem no drama e isso me deixou ainda mais feliz.


Bong Doo Sik
(Son Seung Won) é aquele personagem que começa quase apagadinho na história mas que ao longo dos episódios vai crescendo e ganhando mais cenas. Doo Sik é desde o começo o mais responsável do grupo, ou melhor, o menos irresponsável. Seu sonho é ser escritor e roteirista, mas assim como seus amigos, não chegou nem perto disso. Não tenho do que reclamar, Doo Sik é um docinho e fim. Amava ele com a Sol e o meu ship que vou comentar depois.

Son Seung Won também é um ator que vi pouco, acho que só o vi em Age of Youth e já desejei vê-lo atuando em personagens de mais destaque também, então me senti realizada nesse drama. A ator mandou bem no personagem e eu continuo querendo mais dramas com ele.


Sol
(Yeo Reum) é a estrela do drama! ☀ ☀ A atriz mais carismática, mais cativante, aquela que brilhava com um olhar. Era só dar uma risadinha fofa e já estávamos todos apaixonados. Sinceramente fiquei encantada com tudo que ela fazia, como pode uma bebezinha atuar tão bem assim? Se você não viu o drama ainda não faz ideia do que eu estou falando, mas quem viu pode concordar claramente que Sol é maravilhosa demais. 💕 Como faz pra ter uma assim?


Sol aparece na guest house dos meninos de repente, eles a encontram numa cama e ela sorri lindamente. Sem entender nada os meninos começam a cuidar dela. E pouco depois, encontram finalmente a mãe dela, que é Han Yoon Ah (Jung In Sun). Yoon Ah é mãe solteira e mantém mistério sobre o pai da criança, sem ter onde ficar e como cuidar da bebê, ela passa a morar na Wailkiki enquanto trabalha na casa. Assim como todos, ela é meio doidinha e ao longo dos episódios vai mostrar que pode se virar bem cuidando da Sol, trabalhando e mostrando alguns “dons” exóticos que fazem a gente rir demais. Ela tem uma personalidade tranquila e é muito bondosa.


Kang Seo Jin
(Go Won Hee) ou Bacca como a chamam carinhosamente, é irmã do Dong Gu e também vive na Waikiki. Seo Jin é mais uma nessa história de perseguir sonhos, ela é uma jovem jornalista que precisa de emprego mas não consegue passar em nenhuma entrevista. Seo Jin é tão maluca quanto seu irmão e os amigos dele e me fazia rir demais com todas as situações que envolviam seu segredinho: Seo Jin tem barba! Sério, isso rendeu boas cenas cômicas até com seus namoradinhos. Adorava a zueira infinita entre ela e os amigos do irmão já que eles pareciam todos uma família. E também, Seo Jin provou diversas ser uma mulher forte e independente, e nas situações mais complicadas, algumas até envolvendo assédio sexual ela arrasou.


Min Soo Ah
(Lee Joo Woo) é ex-namorada do Dong Gu, e o fim do relacionamento deles é logo nos primeiros episódios, o que junto de outras coisinhas que não posso falar, nos faz ter uma péssima primeira impressão da personagem. Tanto que eu achava que ela nem ia permanecer muito tempo no drama, mas Soo Ah esteve lá até o fim e me fez mudar muito minha opinião sobre ela. Mas não que ela deixa de ser menos chata, por exemplo, mas que ela tem tantas outras qualidades que acabamos deixando as coisas ruins pra lá. E pude perceber essa mudança de opinião até mesmo nos personagens do drama, que ao ter que “aturá-la” por mais tempo também percebem que ela é mais do que aparentava. Eu gosto muito quando o roteiro desenvolve bem o personagem e meio que te engana sobre quem ele é de verdade.

Agora falando de atuação, todas elas foram muito bem. Eu só tinha visto a Jung In Sun em Circle e ela estava tão diferente lá. Já a Go Won Hee, adoro ela, lembro de dar muita risada com sua personagem também cômica em Strongest Deliveryman então acho que ela se dá bem com esse tipo de personagem. Já a Lee Joo Woo, nem lembro de tê-la visto em outros trabalhos antes, mas… amei e ela é linda! Um ponto muito positivo desse drama é que o elenco todo é formado por atores pouco conhecidos, e mesmo sem os famosinhos no elenco fixo, o drama provou ser um sucesso por ser bom mesmo. Tiveram participações especiais com atores mais famosos e eu adorava todas elas. Principalmente porque na maioria das vezes esses atores apareciam nos plots do Joon Ki tentando ser ator. Eram umas das situações mais engraçadas.


E como uma boa dorameira, shippei horrores nesse drama! Me peguei shippando casalzinhos já logo nos primeiros episódios. O primeiro deles foi Dong Gu + Yoon Ah, que logo no começo fingem ser namorados e isso é um clichezão que eu adoro e me faz shippar demais.  💖 Foi por causa desse romance que Dong Gu se tornou um pouco chato em certa parte do drama, mas ainda bem que tudo passou, e o drama nos faz shippar outros casais também se não eu teria ficado bem decepcionada com ele. Mas como já falei, superei isso e os últimos episódios ele estava um amor. Os dois eram fofinhos juntos, ainda mais com a Sol, pareciam recém casados.


Joon Ki + Seo Jin
é meu casal favorito do drama, porque esse meus amigos, eu shippei desde as fotos promocionais do drama. Pensei que já que Yi Kyung estaria num papel de destaque, ele finalmente faria um casal decente e dito e feito. Só que eles não eram tão “decentes” assim… haha. Pelo fato dela ser irmã do melhor amigo dele, tudo fica ainda mais engraçado. E como pra mim eles são os mais doidos do drama, pensa num casalzão maravilhoso! ❤🤣


Doo Sik + Soo Ah era um casal muito improvável, pensa no homem mais quietinho e nerd da casa que não tá nem aí pra moda e vive de moletom com a patricinha, modelo e ousada Soo Ah. E por ser assim tão improvável que shippei demais também. Na verdade era até inesperado, pelo menos pra mim, porque ficava pensando que já que ela era ex do amigo, não ia rolar nada, além disso Doo Sik passa o drama todo procurando pelo amor da sua vida, alguém que fosse linda e doce como ele. Mas na verdade a combinação ficou a coisa mais linda e me surpreendeu. Aos pouquinhos fui conquistada pelas briguinhas e implicâncias que todo mundo sabe onde tudo isso termina. Aaah!😍😍

Mas além de todo esses ships, eu gostava mesmo é da família muito doida que eles eram. Vivendo na mesma casa, compartilhando sonhos e fracassos, se ajudando, sobrevivendo juntos… brigando, brincando e tirando muito sarro também. Era divertido quando todos se juntavam na Waikiki e mais ainda quando ficavam brincando com a Sol. Umas gracinhas!


Falando na guest house Waikiki, vamos comentar sobre a decoração desse lugar maravilhoso? Ei JTBC, transforma esse lugar num ponto turístico que te garanto que vai ter muitas visitas. Se até hoje visitam o café do Coffee Prince, com certeza Waikiki faria sucesso, e na minha próxima ida pra Coreia a casa já estaria no roteiro. O drama tem uma fotografia muito bonita, não tem cenas de belas paisagens, mas só pelo cuidado com as cores, filtro de câmera, decoração e figurino já merece muitos elogios porque combinou demais com a atmosfera do drama.

Outro ponto positivo é que o drama estava fazendo tanto sucesso que ganhou episódios a mais. Originalmente seriam exibidos 16 episódios, mas na metade resolveram fazer 20 e o medo já consumiu os dorameiros. Sempre que isso acontece, o roteiro perde a essência, mas com Eulachacha Waikiki deu tudo certo e foi melhor ainda porque tivemos mais tempo pra curtir o draminha. Além disso, acho que a história deu uma respirada e não ficou tão corrida como ficaria se fossem mesmo 16 episódios. O desfecho foi ótimo, lindo, emocionante e já me deu saudade logo que começaram os créditos do último episódio.

Enfim, se você estiver procurando algo pra rir bastante e ao mesmo tempo se apegar e se emocionar com os personagens pode ir ver Eulachacha Waikiki sem medo. 😅💛

 

Onde assistir?

Tem Eulachacha Waikiki legendado no Kingdom Fansub, Fighting Fansub e DramaFever.

 

E vocês o que acharam de Waikiki?

 

Beijos, Mari. 😊

Previous Post Next Post

You Might Also Like

4 Comentários

  • Responder Vih💞 April 20, 2018 at 11:57 pm

    Ahhh 😢 infelizmente já é hora de nós despedimos dessa maravilha em formato de drama ❤ JTBC é minha emissora favorita , descobri ela faz alguns meses (era muito ligada em TVN e KBS) e não paro de me surpreender a cada drama que vejo !! Sobre o motivo p/ ver WAIKIKI …. *SON SEUNG WON* 💞 (aliás , ele atuou em Healer , era a versão mais nova do vilão😉) só que nos primeiro minutos o drama já me cativou pela sua simplicidade e humor . Sol🌞 ah Sol !! Tão pequena e conserteza já ganhou milhares de fãs , ela me cativava a cada cena , e no último episódio !? Quando chamou o Dong Gu de papai , ahhhhhh , minha morte foi decretada nessa palavra 😄 Sol é a dose de Fofura recomendada por dia !! De longe meu personagem preferido foi o Joon Ki , não tinha visto nenhum drama que ele tivesse atuado , apesar de já conhecer um do ano passado (?) , era cada situação , ele devia mudar o nome para vergonha alheia 😹 , ele foi o único personagem que realmente me cativou , apesar de ter gostado muito dos outros ,e gostado tbm de ver suas evoluções , principalmente o do Dong Gu , não sei pq mas , nenhuma personagem feminina me cativou realmente em WAIKIKI 😭😱 apesar de ter gostado de acompanhar o romance , não foi algo que me surpreendeu muito (foi uma confusão no começo , consegui shippar Yoon Ah com todos 3 😹) Foi muito legal ver o Dong Gu e o confeiteiro brigarem , hahaha (aquela cena no banheiro 😹😹😹) . Gostei muito da extensão que deram ao drama , foi necessário p/ que fluísse bem , nada corrido , tudo nos mínimos detalhes , quando chegou no ep 16 eu fiquei tipo : – Ahh !! Agora entendi qual é a dos +4eps. Sobre a guest house , Minha Futura Casa 😹(okay , sonhar é de graça) eu fico encantada com o capricho que a JTBC tem nos cenários (ainda quero aquela casa do Min Min ❤ com ele junto melhor ainda 😯). Por fim , WAIKIKI é um drama gostosinho de ver , que te arranca boas risadas (crises que quase te matam) , não sei se reveria (talvez pela comédia) achei o final bem condizente com a realidade , Seo Jin não ficou por cima da Sunbae , Joon Ki não virou o maior ator da Coréia , Dong Gu não virou aquele diretor ganhador de todos os Oscar , Yoon Ah não começou a fazer bem seu rap magicamente , Doo Sik não ganhou talento magicamente para escrita e a Soo Ah , bom … Continuou sendo Min Soo Ah✌ !! Ah para quem for ver WAIKIKI , tente não ver as 2 da madruga quando todos da sua casa estão dormindo que vai por mim , não é uma boa ideia (machuquei a língua tentando segurar risos😒😑)… Ah JTBC antes de lançar uma segunda temporada , lança a 3° de Age Of Youth 😁

  • Responder wesley roberto April 21, 2018 at 8:32 pm

    Waikiki acabou T-T como faço agora…
    Nossa como eu fiquei feliz com esse dorama, ri mt tanto que quase morri engasgado. A parte da “meleca” gnt… o que foi aquilo. Mt nojo e mts gargalhadas..
    Eu ficava shippando todo mundo e quando os casais se formavam eu pulava de alegria. Personagens carismáticos em forma de familia, esses ficam guardados por mt tempo.
    Por ultimo, e mais importante SOL *-* o que era essa fofura. Toda a cena com ela já era certo ser excelente! Amei os doidos e sentirei mt saudade de acompanhar esses drama toda semana T-T. O que vale ressaltar era a amizade de todos eles e seus momentos de vergonha alheia que ficaram marcados, reparam nos memes hilários do junki qnd ele fez aquele comercial?? Gnt onde baixo essas fts???
    Ótima resenha esse eu recomendo, pois é risada na certa.

  • Responder Bluebird April 21, 2018 at 8:54 pm

    Maravilhooooooooo, ja sinto falta. minhas quartas serão sem graça sem Waikiki

  • Responder @reflectionofeds April 22, 2018 at 9:43 pm

    JTBC TEM QUE PROVIDENCIAR UM CROSSOVER SUNGMIN DE AGE OF YOUTH E DOO SIK DE WAIKIKI porque só assim serei uma dorameira satisfeita e a JTBC vai passar na frente da tvN de vez (como se já não bastasse os varietys, essa emissora sabe como fazer um drama leve e com boas amizades). ♡
    Espero mesmo que Waikiki tenha mais uma temporada porque conseguiu dar margem pra mais estórias mesmo sendo um drama doido pastelão se sustentou sem nenhum buraco, fazendo mais sentido que muito drama de renome poraí!!! =P
    Pode vir 3 patetas, as doidas, nossa Sol da manhã (ainda que provavelmente ela vai estar mais crescida no tal spin off MAS A GENTE VAI QUERER SIM).
    JTBC TRAZ AGE OF YOUTH 3 E WAIKIKI 2
    obrigada pela resenha e risadas Mari ^^

  • Deixe um comentário